Notícias do Museu Afro Brasil

O Rosto da Paisagem, de Jordi Burch

O trabalho nasceu de uma viagem de mais de 2.500 km por Angola, que resultou em mais de 700 fotografias, a convite do Instituto Camões de Luanda. O projeto incluiu textos do escritor angolano Ondjaki.
A mostra “O Rosto da Paisagem”, do fotógrafo português Jordi Burch, será aberta pelo Museu Afro Brasil em 22 de junho (sábado), às 13h, no encerramento do Ano de Portugal no Brasil. O trabalho nasceu de uma viagem de mais de 2.500 km por Angola, que resultou em mais de 700 fotografias, a convite do Instituto Camões de Luanda. O projeto incluiu textos do escritor angolano Ondjaki.img_news_rostodapaisagem

Nesse mesmo horário, o Museu Afro Brasil lançará o catálogo da exposição “Modernidade – Coleção de Arte Brasileira Odorico Tavares”, ainda em cartaz.
Segundo Jordi Burch, “a ideia era viajar e produzir”, não houve nada planejado para as imagens de “O Rosto da Paisagem”. “O Instituto Camões queria fazer esse projeto com um jovem fotógrafo português e um jovem escritor angolano. Nessa viagem de sete dias, eu e Ondjaki ficamos amigos”, conta Jordi. “É diferente de produzir uma reportagem. Há uma distância dos fotografados, é uma coisa poética. Geralmente, a abordagem da África é sensacionalista, intrometida, mexe com a realidade. Quis fotografar as pessoas de longe, para não entrar no cotidiano. As imagens têm um conceito de serem distantes. Quando a câmera está próxima, ela não é intrometida. E não foi política”.

No texto de apresentação, Jordi e Ondjaki descrevem a experiência: “A ideia era estarmos juntos, viajando de carro (finalmente de carro...) por uma Angola que nos apetecesse, munidos do ritmo humano de uma amizade que acabávamos de inventar. Com o percurso aberto, afinal – fomos descobrindo... – rumamos para Sul”.

Nascido em Barcelona, em 1979, Jordi Burch mudou-se para Lisboa aos cinco anos. Vive atualmente em São Paulo. Membro desde 2007 do coletivo “Kameraphoto”, estudou fotografia no Ar.Co - Centro de Arte e Comunicação Visual e já teve trabalhos publicados na National Geographic, Playboy, Grande Reportagem, Expresso, revista Pública, Egoísta, Trip, TPM,  Serafina (folha de São Paulo), Courrier International,  Santa Art Magazine e Financial Times Weekend Magazine. Em 2008, passou a dedicar-se quase que exclusivamente ao trabalho autoral. Em 2012 fez parte da residência artística Triangle Network, em Lisboa. Expõe regularmente desde 2007.

Abertura: “O Rosto da Paisagem", dia 22 de junho às 13h. Em exposição até 25 de agosto/13.

Lançamento: Catálogo “Modernidade – Coleção de Arte Brasileira Odorico Tavares”, dia 22 de junho às 13h.

Museu Afro Brasil - Organização Social de Cultura
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n
Parque Ibirapuera - Portão 10
São Paulo / SP - 04094 050
Fone: 55 11 3320-8940
www.museuafrobrasil.org.br
 
BUSCA

O Museu está aberto o ano todo, com exceção das seguintes datas:

  • 24 e 25 de dezembro
  • 31 de dezembro
  • 1º de janeiro