Desde 2009, o Núcleo de Pesquisa colabora na investigação dos temas evocados pelas exposições temporárias, itinerantes e, principalmente, das grandes temáticas trazidas pelo Museu Afro Brasil ao seu acervo. Têm sido produzidos inúmeros documentos que marcam o lançamento de exposições, de livros, eventos acadêmicos tais como “encontros temáticos”, seminários e palestras, além do levantamento materiais de contextualização histórica, sociológica, artística e etnográfica que compõem o memorial teórico e textual da instituição.

A partir de agora estão disponíveis elaborações teóricas, textos curatoriais, análises, minibiografias, entre outras publicações que resultam do trabalho direto dos pesquisadores, que muitas vezes nem sempre são diretamente aproveitados de acordo com cada expografia, mas que resguardam um conteúdo que pode vir a auxiliar estudantes, pesquisadores, professores e interessados em geral na arte, memória e história afro-brasileira e mundial.

Esperamos que vocês possam, a partir desses textos, ampliar seus conhecimentos e discuti-los por meio do espírito crítico.
  • Zumbi dos Palmares

    zumbi

    O presente texto tem por objetivo abarcar de modo geral os contextos sócio-políticos, históricos e culturais que envolveram os quilombos de Palmares. 

    Arquivo em PDF

  • África em artes

    thumb_arte
    Mais de 110 anos se passaram desde que o antropólogo alemão Leo Frobenius fincou seus pés na África pela primeira vez e ela, por meio de suas obras plásticas, continua tão admirável, inusitada e misteriosa quanto antes.

    Arquivo em PDF
BUSCA

O Museu está aberto o ano todo, com exceção das seguintes datas:

  • 24 e 25 de dezembro
  • 31 de dezembro
  • 1º de janeiro